O que você fará?

Todos nós temos habilidades, temos um potencial a desenolver e explorar para o nosso benefício, da nossa família e também para benefício da humanidade.

Existe um problema na vida profissional quando não enxergamos mais a vida sob a perspectiva dos significados, mas através dos olhos reguladores do “mercado”. Questões como: Dá dinheiro? São mais importantes do que questões como: É correto? É bom para o mundo? É bom para mim? E seguimos fazendo o que a maioria anda fazendo.

Todo mundo tem um talento, algo que gosta de fazer e sabe que faz bem, você pode utilizar esse talento para formular um trabalho prazeroso e lucrativo, ou seguir em frente do jeito que as coisas estão neste exato momento. De um jeito ou outro haverá consequências, portanto é uma escolha.

Acho que precisamos manter isso em mente: Que tipo de vida escolho ter? O que sei fazer? O que quero fazer? E seguir o caminho conforme decidiu. Não dá para basear-se somente pelas imposições do mercado, assim como não dá para viver sem considerar que nossa sociedade gira em torno do dinheiro, mesmo que a escolha seja por um estilo de vida mais simples.

Apenas não se perca do que você realemente é. Nunca sufoque suas habilidades. Pode ser que novas perspectivas sejam abertas, é possível que novos caminhos se desenrolem com naturalidade, quem sabe?

O que você fará?

Um grande abraço e muito sucesso.

P.S.: Uma dica extra: Algumas pessoas estão me perguntando qual o curso que eu mais recomendo atualmente para quem deseja começar um negócio de sucesso na Internet sem ter qualquer conhecimento ou experiência anterior. Aqui está minha resposta: neste momento, o curso que eu mais recomendo, tanto para quem é um completo iniciante como para quem já é um profissional avançado é este aqui.